#26: Como conversar com um fascista

capa-s02e26

Você também vai gostar de...

  • Miguel Nakajima Marques

    Vim aqui para dizer que na abertura faltou falar sobre um assunto muito importante.
    Foi falado até sobre sites de vídeos pornográficos mas faltou falar sobre a epidemia que está se espalhando pelo mundo e a grande mídia está deliberadamente escondendo:
    A SUPER GONORRÉIA!

  • Adriano Martins

    #Bolsonaro2018&kimkatagiri2022

  • https://medium.com/qualquer-coisa Lucas

    Concordo 100% que discutir com facista só faz é dar voz a eles, o problema é, já fizemos isso.

    Os caras já estão aí, ganharam voz e destaque graças a nós.

    Mais do que isso, em nossa ânsia de apontar o fascismo, começou-se a dirigir o termo a um grupo que vai desde que caras que apenas não sabem discutir ou não conseguem sair da zona de conforto, até outros que de fato não tem pudor em dizer que querem eliminar o diferente.

    Então, o discurso de ódio ganhou destaque e o termo fascismo teve seu significado diluído – na minha percepção. E agora? Só não falar com eles, ainda funciona?

  • Diachinni

    Gosto muito do papo de bolso, sempre aprendo coisas novas e sempre saio com uma lista de coisas pra ler e aprender sobre e isso é muito legal.
    Nem sempre concordo com o posicionamento de vocês sobre algum tema, mas acho válido conhecer os argumentos e já inclusive mudei de opinião depois de refletir um pouco. No tema de hoje e com relação ao MBL e o Kim, eu não concordo com vocês. Não apoio todas as práticas do MBL, mas vejo valor em diversos posicionamentos deles e não os vejo como facistas pregando discursos de ódio e manipulando massas e acredito que o que a Marcia Tiburi fez ao deixar o local pra não debater foi um erro. Vocês já pararam pra ouvir de verdade o que o MBL defende? Parece que a versão que vocês conhecem é a versão demonizada do MBL e dos apoiadores do bolsonaro que a esquerda prega.
    De qualquer modo isso não diminui o apreço que tenho por vocês e pelo podcast, quero vocês trazendo os mais diversos temas e opiniões sempre pra que eu possa refletir e aprender sempre.

    • Renato Souza

      Concordo com você. Também nao sou um fã do mbl, mas por acreditar em um estado menor acabo vendo algumas postagens. Acho o Kim kataguiri muito mais aberto ao debate que o mamãe falei. E a Márcia perdeu uma grande oportunidade de debater e mostrar para o público o posicionamento dos 2. Achei lamentável a atitude dela.

  • Mateus

    Acho que banalizamos o termo fascismo. O MBL tem diversas condutas condenáveis, mas de forma alguma são fascistas. Uma pena que o caso do pescotada do presidenciável(!!) Ciro Gomes aconteceu depois desse episódio.

  • aércio favaro neto

    Bacana o podcast, só acho uma pena esse atrelamento ao fascismo ser exclusivamente de direita, o que vocês sabem que não é verdade. Abç